CRMV-SC recomenda que prefeitura interrompa eutanásia em cães abandonados

11/01/2018

Assim que o CRMV-SC tomou conhecimento sobre a publicação da Lei nº 1.604 de 19 de dezembro de 2017, no município de Jaborá, Meio Oeste Catarinense, que prevê eutanásia de animais se não forem adotados em sete dias, enviou um ofício à prefeitura e Câmara de Vereadores recomendando interrupção imediata de qualquer ação baseada nesta lei. O CRMV-SC é contrário à utilização da prática de eutanásia de cães e gatos como método de controle populacional. Conforme recomendação técnica feita às prefeituras do Estado de Santa Catarina em 2014, “As ações de manejo populacional devem ser focadas principalmente na DIMINUIÇÃO DA NATALIDADE, tendo em vista que todas as formas de aumento da mortalidade são consideradas crimes de maus tratos”.. LEIA OFÍCIO NA ÍNTEGRA


Voltar ao Topo